1

Eu li - O resgate do tigre

Título: O resgate do tigre (livro 2)
Original: Tiger's quest
Autor: Collen Houck
Número de páginas: 432
Ano: 2012
Tradução: Raquel Zampil
Editora: Arqueiro

Atenção! A resenha a seguir possui spoilers do primeiro livro.

Para quem já conhece a saga, sabe que a Maldição do Tigre inicia contando sobre a primeira aventura da jovem Kelsey na Índia, onde ela precisou ajudar o príncipe indiano Dhiren a se libertar de uma antiga maldição.
(Caso alguém não conheça, temos a resenha aqui)

A primeira tarefa foi bem sucedida (e ainda há outras a cumprir), entretanto ela quis voltar a morar nos EUA e ter uma vida normal. Afinal, passar pelos demônios kappas,enfrentar monumentos que se movem e realizar testes perigosos de coragem não parecem nada fácil...
Mas quem achar que estes foram os únicos motivos para ela “arregar” de cumprir as outras missões, está muito enganado! Kelsey acredita que seu amor por Ren jamais será possível, pois mesmo que 1/4 da maldição tenha sido quebrada, ele ainda possui aparência de tigre durante 18 horas por dia.
Kells também se acha desengonçada demais para o príncipe e pensa que ele merece conhecer outras pessoas e ter outras “possibilidades” de escolha. Por esta razão resolveu se afastar.
0

Capas e mais capas - Livros

Olá meus queridos seguidores e simpatizantes do blog!
A edição de Capas e mais capas desse sábado está voltado para os nossos maiores queridinhos... OS LIVROS! (uhul)
Sempre que vejo livros na capa de livros fico imaginando se o personagem principal é um leitor tão viciado como eu (hahaha)
A razão por ter escolhido essa temática é o fato da Bienal Internacional do Livro em São Paulo estar quase aí.
Então, pra quem vai ou não à Bienal, que tal se inspirar com essas belezinhas?


A primeira capa me chamou a atenção por causa do título Coração de Tinta. Todos esses ramos e flores na capa dão a impressão de ser uma história de fantasia maravilhosa, pois antes de ver a sinopse, imaginei que fosse parecido com o clássico A História sem Fim de Michael Ende.
Já o segundo livro parece ser um drama ou romance daqueles de chorar, pois a capa d'A menina que não sabia ler (vol. 2) sugere contato com a natureza, simplicidade, sentimentalismo...
O terceiro livro, apesar da capa ser fofinha, com várias lombadas de livrinhos, trata-se de assassinatos. Minha amiga da faculdade que já leu Um Corpo na Biblioteca achou maravilhoso. E eu, como fã número1 da Agatha Christie, acredito que a capa linda faz jus ao conteúdo do livro também.

4

Eu li - Harry Potter e a Pedra Filosofal

Título: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Original: Harry Potter and the Philosopher’s Stone
Autor: J.K. Rowling
Número de páginas: 223
Ano: 2000
Tradução: Lia Wyler
Editora: Rocco

O que você faria se num belo dia aparecesse uma pessoa dizendo que você não é quem pensa que é?Que existe outro mundo, tão belo, tão fantástico e tão inimaginável?
Pois foi o que aconteceu com o jovem Harry Potter...Mas vamos do começo...

Harry Potter é um menino magricela que mora na casa, ou melhor, no armário embaixo da escada, dos tios Petúnia e Válter Dursley e única coisa que sabe sobre seus pais é que eles morreram em um trágico acidente de carro.
Durante quase 10 anos, ele viveu ignorado e negligenciado pela única família que lhe restara. Quando o dia de seu aniversário se aproxima, Harry começa a receber cartas estranhas enviadas por corujas, mas os tios tentam evitar que ele as leia.
Entretanto, no dia que Harry completa 11 anos de idade, a “visita” de um estranho homem chamado Rúbeo Hagrid, revela os piores temores dos Dursley.
0

Capas e mais capas - Pessoas de costas

Olá Viciados, como estão neste lindo sábado?

O post do Capas de hoje está todo ao contrário, isto é, porque as pessoas estão todas de costas! haha Ok, piadinha sem graça. Estes dias eu estava vendo uma promoção de livros e aconteceu de ter umas três capas na mesma páginas de pessoas de costas, e isso acabou chamando a minha atenção e me dando esta linda ideia para o post das capas. Consegui encontrar capas bem fofinhas e algumas um tanto intensas... então, vamos conhecê-las?



A primeira de hoje é Morra por mim, só pelo nome do livro já imagino que a história seja algo meio sobrenatural e é bem essa a ideia que a capa passou também. Com tanto tons de vermelho e os detalhes escuros, achei que ficou bem harmoniosa e sombria. Embrace é um livro que eu nunca havia ouvido falar, mas pela capa cheguei a brilhante conclusão de que deve ser sobre fadas e, obvio, eu o leria se fosse sobre isto, mas descobri que é sobre anjos caídos e o interesse sumiu. Achei bem simples e um tanto desajeitada a capa, mas gostei bastante das assas que parecem feitas de fumaça. Esta capa de The Mediator (ou A Mediadora em PT) é muito linda. Não sei bem porque, mais eu a adoro e assim que pensei no post lembrei dela. Não acho que faça muito sentido com a história do livro, mas do mesmo jeito, chama atenção.

0

Eu li - The 100

Título: The 100 - Os Escolhidos
Original: The 100
Autora: Kass Morgan 
Número de páginas: 288
Ano: 2014
Editora: Galera Record


Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles... ou uma missão suicida.

A mais de 300 anos no espaço, a Colônia tem servido de moradia para três gerações de pessoas. Com o passar do tempo, naturalmente, a população aumentou e agora já passavam de 2.000 habitantes no espaço. A nave era dividida em três estações, Arcadia e Walden (onde viviam os menos afortunados e a classe operária) e Phoenix (onde ficava a classe rica sobrevivente do Cataclismo). Para controlar a população, todo e qualquer crime era penalizado com a morte e apenas os delinquentes menores de 18 anos ficavam presos e tinham direito a um julgamento, mas, nos últimos tempos, nem os delitos mais bestas estavam sendo perdoados.
A Colônia foi lançada antes da guerra nuclear que devastou o planeta Terra, assim como tornou a vida lá impossível. E agora, depois de tanto tempo, chegou a hora de voltar. Mas como ter certeza de que a Terra é habitável novamente?

A Colônia é controlada pelo Chanceler Jaha e sua equipe de conselheiros, todos eles eleitos através de votos. E são eles quem tomam todas as decisões, por piores que sejam. E é assim que 100 delinquentes juvenis são escolhidos para uma missão -praticamente suicida- afim de descobrirem se o planeta Terra é habitável. Para não gerar caos na população, a noticia permanece apenas entre os envolvidos, mas Wells, filho do Chanceler, descobre o que está havendo e dá um jeito de estar entre os 100 para proteger sua amiga Clarke. 

1

Eu li - No Mundo da Luna


Título: No Mundo da Luna
Autora: Carina Rissi
Número de páginas: 476
Ano: 215
Editora: Verus

A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome.Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.Com seu estilo ágil e fluido, Carina Rissi criou em No mundo da Luna uma leitura viciante, permeada de humor, magia e paixão, que vai conquistar você do início ao fim.

Sou uma fã devotada de Carina Rissi e quando eu vi o livro No mundo da Luna eu fiquei louquinha para comprá-lo. Demorei alguns bons meses e enfim o comprei! Ai demorei mais algum tempo para conseguir realizar a leitura, e, eu não poderia esperar menos da Carina! 

Luna é uma garota batalhadora, meio cabeça dura e muito convicta. Ela é recém formada em jornalismo e se sente realizada ao conseguir um emprego em uma revista renomada, mesmo que seja apenas como recepcionista. Trabalha na Fatos & Furos não é bem o que ela esperava, mas ela ainda está esperando a sua grande chance, quando finalmente terá uma coluna. Enquanto isso, ela aguenta o traste do seu chefe, Dante, que insiste em chamá-la de Clara, é super mal-humorado e grosseiro. Ah, as maravilhas de se trabalhar em uma revista.

1

Eu li - O diário secretos de Lizzie Bennet

Título: O Diário Secreto de Lizzie Bennet
Original: The Lizzie Bennet Diaries
Autor: Bernie Su e Kate Rorick
Número de páginas: 364
Editora: Verus
Tradutor: Claúdia Mello


Uma adaptação moderna de Orgulho e Preconceito, baseada na série The Lizzie Bennet Diaries.Lizzie Bennet é uma jovem estudante de comunicação que resolve fazer um vlog como projeto para a faculdade, postando vídeos em que reflete sobre sua vida e a de suas irmãs. Quando dois amigos ricos e charmosos chegam à cidade, as coisas começam a ficar mais interessantes para as irmãs Bennet - e para os seguidores de Lizzie na internet.
De repente, Lizzie - que sempre se considerou uma garota bastante normal - se torna uma figura pública. Mas nem tudo acontece diante das câmeras. E, felizmente para nós, ela escreve um diário secreto...~"O Diário Secreto de Lizzie Bennet é, com certeza, a melhor adaptação literária de Orgulho e Preconceito de todos os tempos. Um livro inteligente, muito divertido, muito Jane! Os amantes de Lizzie e Darcy precisam tê-lo na estante." - Carina Rissi, autora de Procura-se Um Marido e da série Perdida

Em os Diários secretos de Lizzie Bennet vemos uma releitura muito bem humorada de Orgulho e Preconceito. Originalmente criado como um vlog, o projeto tomou proporções gigantescas e foi então publicado um livro, em forma de diário, onde Lizzie nos conta mais sobre os bastidores da sua vida.

Lizzie é uma jovem estudante de publicidade com um empréstimo estudantil gigantesco que ainda vive na casa dos pais. Ela está fazendo pós-graduação e isto não está saindo barato. Juntamente com sua melhor amiga Charlotte ela cria o Diário de Lizzie Bennet, um vlog que serve como projeto de final de semestre. Lá ela retrata a vida real, sem ocultar nada de seus telespectadores. E assim vamos conhecendo a família da garota, com uma mãe totalmente louca e um pai sensato, uma irmã responsável e outra nem-tanto-assim, além das dúvidas, alegrias e infortúnios de toda a família.